Eu não quero morrer




Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em Mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e, crê em Mim, não morrerá eternamente"João 11:25, 26
Eu estava em um leito de hospital, quando o médico que me atendia segurou minha mão e me disse: "Não temos mais nada a fazer pela senhora; todos os procedimentos já foram feitos, sem sucesso. Só nos resta mandá-la de volta para sua casa." E assim me levaram de volta para meu lar.
Os familiares se aglomeravam em torno de mim para uma possível despedida. Eu já não falava mais, só ouvia. Faltavam-me forças e meu corpo já estava ficando cada vez mais debilitado. Foi quando uma irmã minha, por nome Cida, entrou no quarto e disse para minha mãe: "Mãe, ela vai mesmo morrer." Naquele instante, quando ouvi aquilo, comecei a lutar com os meus pensamentos: "Eu não quero morrer, eu não quero morrer!"
Então comecei a ouvir uma forte voz ao meu lado dizendo: "Aquele que crê em nosso Senhor Jesus Cristo, ainda que morra, viverá." Naquele momento, senti a presença de Deus ao meu lado direito da cama; e do lado esquerdo a presença de Jesus. Eu não Os vi, mas sentia que estavam perto de mim, de cada lado.
Com os olhos fechados, comecei a repetir aquelas palavras: "Aquele que crê em nosso Senhor Jesus Cristo, ainda que morra, viverá." Abri os olhos chorando e pedi para sentar na cama. Todos ficaram espantados, pois eu já não falava mais. Depois, eu pedi que me colocassem de joelhos. Orei a Deus. Disse-Lhe que se sarasse, eu O buscaria até encontrá-Lo.
Em seguida, levantei, pedi por comida e, com o passar dos dias, fui me for­talecendo. Lembrei-me da promessa e passei a procurá-Lo, até encontrá-Lo na Igreja Adventista do Sétimo Dia.
Foi um encontro muito lindo! Passei a servir-Lhe imediatamente e, graças a Deus, até os dias de hoje, eu continuo a caminhar com Ele, aguardando a volta de Jesus.
"Aquele que dá testemunho destas coisas diz: 'Sim, venho em breve!' Amém. Vem, Senhor Jesus!" (Apocalipse 22:20).
Valdenice Ferreira do Carmo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desbravadores: Livro de Atas

Adélia Prado – Poemas

desbravadores