meditação

O Verso



Vocês não precisarão lutar nessa batalha. Tomem suas posições, permaneçam firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes dará. 2 Crônicas 20:17, NVI

Certa manhã, durante minhas devoções, li o texto de hoje. Ele me fez retrocecer alguns meses, para uma ocasião em que enfrentei as situações mais difíceis que já tive que suportar na vida – um aborto, a perda do emprego, a morte de uma amiga íntima, tudo dentro de um período de oito meses. Apeguei-me a Habacuque 3:17, 18: “Mesmo não florescendo a figueira, e não havendo uvas nas videiras, mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos, ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação” (NVI). Deliberadamente decidi louvar a Deus a despeito de tudo. Não foi fácil. Então, me perguntei se Deus estava tentando dizer-me algo com o verso de hoje.

Nesse momento, Jay apareceu online. Havíamos sido grandes amigas anos antes; depois, ela se casou e mudou-se para os Estados Unidos. Frequentemente conversávamos pela internet, e ela me contava sobre seus projetos. Também pedia orações por causa da situação que enfrentava em casa. Jay havia passado as últimas semanas na América do Sul, numa viagem missionária, e agora arrumava as malas. Porém, estava apavorada por ter que voltar ao seu esposo, com quem se casara fazia oito anos, e que era emocional e fisicamente agressivo. Qual seria a reação dele quando ela dissesse que iria deixá-lo? Estaria segura? Eu não tinha as respostas.

Então, me lembrei do verso. Digitei-o para ela, animando-a a ser forte e confiar em Deus. Nem podíamos acreditar em quão tremendo é nosso Deus. Ele sabia, naquela manhã, que Jay e eu conversaríamos pela internet. Ele sabia que ela estaria confusa e angustiada, e já havia preparado uma promessa à qual ela poderia apegar-se. A fidelidade de Deus é realmente grande!

Ao nos despedirmos, dei graças a Deus por ter-me usado. Tenho certeza de que Ele teria um milhão de outras maneiras de fazer com que esse verso chegasse até Jay, mas permitiu que eu testemunhasse de Sua bondade. Sussurrei uma oração por ela e por milhares de mulheres ao redor do mundo que sofrem nas mãos daqueles que prometeram amá-las e protegê-las, e orei para que Deus tivesse misericórdia delas, travando suas batalhas também.

Dinorah Blackman


fonte:
http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmulher/2011

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Desbravadores: Livro de Atas

conheça os tipos de açúcar

desbravadores